Blog

Prefeitura abre licitação para revitalizar Cidade da Criança
Gabriela Dias
Estudante do 3º de Jornalismo Unilago

A Cidade da Criança de São José do Rio Preto (SP), localizada no Distrito Industrial, sempre foi um dos locais mais visitados pelos rio-pretenses que procuram opções de lazer gratuito para seus filhos. No entanto, nos últimos anos, as queixas sobre as péssimas condições do local se tornaram constantes. Alguns brinquedos estão totalmente inutilizados, outros tiveram que ser interditados, tudo por causa da falta de manutenção. Para fazer frente a essa situação, a prefeitura promete uma ampla reforma no local, que funciona de terça-feira a domingo, das 9h às 17h.

Com um custo estimado em cerca de R$ 1,1 milhão, foi aberta licitação para contratação de empresa para executar a revitalização do local. Os recursos, que virão por meio do Ministério do Esporte, são provenientes de emenda parlamentar destinada ao município pelo prefeito Edinho Araújo quando ainda era deputado federal.

O projeto que será executado pela empresa vencedora da licitação prevê a restauração de 85 brinquedos e a retirada de alguns que já não podem mais ser utilizados. Haverá ainda novos espaços, como o “Circuito das Árvores”, pista de caminhada em torno da área de brinquedos, espaço esportivo, com quadras de areia, áreas para a prática do basquete e campo gramado de futebol Society, a “Praça das Fontes”, que consiste em uma área em formato oval com bancos ao redor e jatos de água que sairão diretamente do chão, além da construção de três novos quiosques que serão disponibilizados para uso dos visitantes. A fachada também passará por reforma: os portões serão ampliados e será instalado espaço coberto para abrigar os visitantes.

Juntamente com a construção de novos espaços, haverá a instalação de brinquedos, como um conjunto com túneis, escorregadores, balanços e três tirolesas de aproximadamente 30 metros de comprimento. As crianças menores também terão lugar para se divertir no “Espaço Baby”, com brinquedos indicados até a faixa etária de 2 anos.

Segundo a Secretaria de Esportes e Lazer, a obra é importante para a cidade. “Esse é um parque que fez e faz parte da infância de muita gente em Rio Preto e com a obra esperamos que novas gerações possam aproveitar ainda mais a Cidade da Criança”, diz a nota enviada pelo órgão.

Hoje, a Cidade da Criança dispõe de uma área de seis alqueires e reúne mais de 230 brinquedos. As principais atrações são o “Foguetão” e a “Ponte do Rio que Cai”. Uma lanchonete também oferece diversas gostosuras aos visitantes.

Condição atual

Enquanto a reforma não chega, os visitantes terão que suportar a atual situação do local, com claros sinais de abandono. O tobogã e a tirolesa, dois dos brinquedos mais utilizados, estão em péssimo estado de conservação e sem condições de uso. O mato alto toma conta de todo o espaço e impede a circulação segura dos usuários. Amilson Fontes pede que a prefeitura faça manutenção e limpeza urgente. “É preciso retirar os brinquedos de ferro, que estão quebrados e enferrujados e oferecem perigo para a criançada. Em alguns lugares, principalmente na baixada perto do lago, o mato está alto e há lixo”. Já Luciana Mendonça diz que a obra importante para a cidade. “Esse é um parque que fez e faz parte da infância de muita gente em Rio Preto, e minha também, com essa obra esperamos que novas gerações possam aproveitar ainda mais a Cidade da Criança”.

Crédito: Gabriela Dias Garcia